Projetos de Extensão

Na esfera da extensão, são nove os projetos atualmente desenvolvidos pelo laboratório, todos sedimentados e com fluxo constante de estagiários e publicações.

 

1 – PROJETO IDOSOS EM MOVIMENTO: MANTENDO A AUTONOMIA (IMMA)

Criado, em 1989, e desenvolvido em parceria com o Núcleo de Atenção ao Idoso, da Universidade Aberta da Terceira Idade (NAI/ UnATI/ UERJ), desde 2018, é coordenado pela Profa. Dr. Flávia Porto. Trata-se de um dos projetos de extensão mais antigos do IEFD. Seu propósito é oferecer atividades físicas regulares e gratuitas para idosos de modo a favorecer um envelhecimento saudável, com mais qualidade de vida e mais independência. As aulas são oferecidas às segundas, quartas e sextas-feiras, de 9:30h às 10:30h e 10:30h às 11:30h. Atualmente, o Projeto IMMA atende aproximadamente 90 pessoas com idades entre 60 e 99 anos, com a participação de bolsistas de extensão, estágio interno complementar e iniciação científica. Alunos do Curso de Especialização em Geriatria e Gerontologia da UnATI-UERJ realizam no Projeto IMMA estágio prático obrigatório;

                      

 

2 – PROJETO VIDA+ DE PRESCRIÇÃO DE EXERCÍCIO PARA PORTADORES DO HIV

Criado em 2004, desenvolvido em parceria com o Departamento de Doenças Infecto-Parasitárias da Faculdade de Ciências Médicas (DIP), é atualmente coordenado pelo Profa. Dra. Juliana P. Borges. O Projeto Vida+ é um programa pioneiro no Estado do Rio de Janeiro. Seu propósito é formar recursos humanos para trabalhar com essa população, além de melhor entender as características e efeitos da prescrição de exercícios para o sujeito soro-positivo, em fase latente ou de desenvolvimento da AIDS. Hoje são atendidos regularmente cerca de 40 pacientes pelo projeto, no qual estão envolvidos um bolsista de extensão (UERJ) e dois de iniciação científica (UERJ e CNPq).

                    

 

3 – NÚCLEO DE INICIAÇÃO À GINÁSTICA ARTÍSTICA DA UERJ

Criado em 2009, o Núcleo de iniciação à Ginástica Artística da UERJ é atualmente coordenado pela Profa. Flávia Porto, oferecendo iniciação desportiva orientada e supervisionada em Ginástica Artística para crianças da rede pública de ensino do município do Rio de Janeiro. Através de aulas ministradas três vezes por semana no Ginásio de Esportes do IEFD-UERJ, as crianças praticam o desporto de forma lúdica, ao mesmo tempo em que se aperfeiçoam nas técnicas das diferentes modalidades existentes. Além disso, o projeto fornece campo para estágio curricular e extracurricular aos alunos dos cursos de bacharelado e licenciatura em educação física, de maneira a complementar e aprofundar os conteúdos desenvolvidos na disciplina formal da grade curricular. Enfim, procura-se fomentar a produção de conhecimentos nos campos da avaliação e do ensino dos diversos conteúdos abordados com as crianças. O projeto atende cerca de 30 crianças e conta com bolsas de extensão, estágio interno complementar e iniciação à docência (UERJ).

                     

 

4 – NÚCLEO DE INICIAÇÃO AO JUDÔ DA UERJ

Criado em 2013, é coordenado pela Profa. Iedda de Almeida Brasil e propicia às crianças e adolescentes da comunidade local a prática gratuita do Judô. As aulas são ministradas três vezes por semana na sala de Judô do IEFD. O projeto consiste em alternativa educacional apropriada através dos códigos de conduta moral e disciplinar que são inerentes à filosofia do judô, além de promover a saúde potencializando capacidades físicas e motoras. Ao acadêmico da universidade é oportunizado o aprimoramento no conhecimento teórico-prático uma vez que fornece campo para estágio aos alunos dos cursos de educação física e o desenvolvimento de pesquisas relacionadas à modalidade e suas interfaces com outras áreas de conhecimento. O projeto atende cerca de 20 crianças e conta com bolsas de estágio interno complementar (UERJ).

                              

 

5 – PROGRAMA DE CONDICIONAMENTO FÍSICO PARA O SERVIDOR DA UERJ

Criado em 2013 e desenvolvido em parceria com a Prefeitura dos Campi, é atualmente coordenado pelo Prof. Dr. Walace Monteiro. O objetivo do programa é melhorar a aptidão física e diversos indicadores de saúde dos servidores da UERJ. Além disso, visa à integração entre os servidores de diferentes setores da universidade. Trata-se de um programa de condicionamento físico individualizado, no qual o servidor parssa por uma avaliação funcional, sendo posteriormente encaminhado ao Centro de Treinamento do LABSAU. Ao chegar, é realizado um programa de treinamento individualizado, composto por exercícios aeróbios, de força e de flexibilidade. Os servidores podem se exercitar em horários variados, de modo a não prejudicar suas necessidades de trabalho. O projeto fornece campo para estágio curricular e extracurricular aos alunos dos cursos de bacharelado em educação física. A equipe de profissionais envolvida é multidisciplinar e consta com a participação de médicos e professores de Educação Física. Hoje são atendidos regularmente cerca de 80 servidores pelo projeto, no qual estão envolvidos três bolsistas de extensão (UERJ) e um bolsista de estágio interno complementar (UERJ).

                    

 

6 – PROGRAMA DE CONDICIONAMENTO FÍSICO E REABILITAÇÃO MOTORA PARA PACIENTES HEMIPARÉTICOS POR SEQUELA DE ACIDENTE VASCULAR ENCEFÁLICO (AVE)

Iniciado em 2015 e coordenado pelo Prof. Dr. Felipe Cunha. O projeto oferece atividades supervisionados visando a reabilitação motora de pacientes acometidos de AVE, com aplicação de exercícios físicos específicos de forma isolada ou em combinação com estimulação elétrica transcraniana por corrente contínua. As aulas são ministradas três vezes por semana no Centro de Treinamento do LABSAU. O projeto atende, atualmente, cerca de 50 pacientes, contando com bolsas de iniciação científica (CNPq), iniciação científica Jr. (UERJ) e estágio interno complementar (UERJ);

                    

                    

 

7 – NÚCLEO DE INICIAÇÃO À NATAÇÃO DA UERJ

Iniciado em 2014 e coordenado pelo Prof. Dr. Silvio Telles. As atividades têm lugar no Ginásio de Esportes da UERJ (piscina), duas vezes por semana (terça e quinta, das 14:30 as 18h), com atendimento atual de 40 alunos, incluindo crianças, adolescentes e adultos. Especial atenção tem sido dada a crianças e adolescentes obesos, no tocante ao impacto da prática de natação sobre fatores de risco para doença cardiovascular. O projeto conta com uma bolsa de extensão (UERJ).

                    

                   

8 – NÚCLEO DE INICIAÇÃO AO FUTEBOL

O Núcleo de Iniciação ao Futebol é um projeto de extensão desenvolvido pelo Laboratório de Estudos em Futebol (LABESFUT). Destina-se a atender crianças e adolescentes dos 7 aos 13 anos. Nosso objetivo é o desenvolvimento motor, cognitivo e psicossocial, além de aspectos relacionados à saúde. As atividades são gratuitas e acontecem às terças e quintas, de 18h às 19h, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). O projeto conta com uma bolsa de extensão (UERJ). Faça a sua inscrição clicando no aqui. 

                    

           

 

Apoio: